Você está aquiInício / O que são os Exercícios Espirituais?

O que são os Exercícios Espirituais?


           Os Exercícios Espirituais são uma experiência que Santo Inácio iniciou para ajudar outras pessoas a encontrarem-se com um Deus que não está mudo e que não vive distante, lá acima na abóboda celeste. Um encontro forte, vivo e pessoal, que compromete a quem segue generosamente essa ginástica espiritual e que o leva a entender e a experimentar que Jesus ressuscitado chama a colaborar com a missão que Ele mesmo teve: levar a Boa Nova.

         São um benéfico terremoto interior. Ainda que Inácio estivesse se restabelecendo da ferida na perna provocada por uma bala de canhão, durante a defesa de Pamplona contra os franceses, teve uma série de experiências internas que sacudiram energicamente sua vida e foram levando-o a encontrar-se com uma verdade gozosa: quem decide ouvir ao Senhor, pode escutar sua voz e chegar a conhecer, por meio do discernimento, a vontade de Deus, tomando decisões importantes e seguindo o impulso do Espírito. Essa mesma experiência é a que Inácio partilha com seus companheiros de estudo, quando lhes dá os Exercícios Espirituais. Todos eles também perceberam, por meio dessas práticas, que eram capazes de ouvir a Deus, que podiam crescer em liberdade, seguir radicalmente a Cristo, amar a Deus inseridos num mundo, a um Deus que vive, trabalha e ama no mundo…

         O livro dos Exercícios, composto na alvorada do Renascimento e na época da Reforma, deveria ter caído de moda há muito tempo. Ao contrário, conserva plenamente sua atualidade. Porque na vida concreta de cada dia, os Exercícios ajudam a descobrir a vontade amorosa de Deus sobre cada um de nós, por meio do Senhor Jesus e sob a moção sensível do Espírito (...) Os Exercícios Espirituais ajudam também a formar cristãos alimentados por uma experiência pessoal de Deus e capazes, ao mesmo tempo, de distanciar-se dos falsos absolutos das ideologias e sistemas, para comprometer-se com o esforço apostólico único da promoção integral (espiritual, social e cultural) do homem e da humanidade. Por meio dos Exercícios,  obtemos uma vida no Espírito mais vigorosa, um amor cada vez mais pessoal ao Filho, que carrega sua cruz, e um desejo mais encarnado de poder "em tudo amar e servir".

Pe. Peter Hans Kolvenbach, SJ (Superior Geral dos Jesuítas (1983 a 2008)

	Fonte: http://jesuitasbrasil.blogspot.com.br/2011_03_01_archive.html

Exercitante